Negócios com Inteligência Artificial

Como utilizar a Inteligência artificial nos negócios

A Inteligência Artificial vem sendo muito comentada ultimamente, ainda mais quando está relacionada a aplicação em negócios. Contudo, muitos empreendedores ainda não sabem como utilizar em suas empresas para conquistar melhores resultados.

Por isso, é importante entender que a IA (abreviação do termo), em conjunto com outras tecnologias, pode ser usada na otimização de processos, para gerar mais valor para os clientes, alcançar números maiores ou mesmo aumentar a competitividade no mercado.

Logo, para que isso seja possível, é necessário fazer uma mudança na cultura da empresa, fazendo com que a mesma seja voltada para análise de dados.

Como esse é um assunto que precisa ser descomplicado, nesse conteúdo você vai conseguir entender como utilizar a inteligência artificial através de algumas tecnologias, quais tecnologias estão disponíveis e muito mais. Continue a leitura para conferir!


Inteligência Artificial nos negócios


O conceito de IA varia muito, e não é de hoje. Mas, basicamente, ele se refere a tentativa de simular a capacidade de pensamento humano, permitindo que sistemas sejam capazes de tomar decisões de maneira parecida a de humanos. Ou seja, eles começam a aprender, interpretar, raciocinar de uma forma parecida das pessoas.

Algum tempo atrás, a Inteligência Artificial era muito conhecida por sistemas que conseguiam solucionar problemas ou que realizavam tarefas bem específicas.

Entretanto, com todo o avanço da tecnologia, aconteceu um grande desenvolvimento e, atualmente, as soluções em IA fazer parte de uma cultura com base na coleta, processamento, análise e interpretação de dados, conhecida como data driven.

Logo, isso fez com que ela fosse aplicada e mais conhecida por contribuir com a otimização de processos, ganho em produtividade e, consequentemente, conquistar melhores resultados para os negócios.


A Inteligência Artificial não é uma solução “pronta”


Pois é, a IA não é uma solução que já vem pronta para uso, o famoso comprar e instalar.

É importante ter isso sempre em mente, pois com todo esse desenvolvimento da tecnologia, muitos acabam achando que o que serve para um negócio vai servir, da mesma maneira, para o outro também. Por isso, as soluções precisam ser elaboradas conforme o contexto, realidade, necessidades e objetivos de cada organização.

No entanto, é claro que estão disponíveis no mercado soluções de Inteligência Artificial que estão prontas para uso, mas elas são direcionadas para situações mais gerais, como sistemas de identificação de imagens para objetos definidos ou uso para reconhecimento de voz. Isso se deve ao fato de que, atrás dessas soluções, tem sistemas inteligentes que são nutridos com dados comuns.

Mas, essa é considerada uma exceção, visto que quando a IA está relacionada a aplicação nas empresas a situação é outra. Isso porque ela somente será eficiente se contar com a personalização e diferenciação para cada tipo de negócio.


Um pouco sobre a cultura baseada em dados


Como já vimos até este ponto do conteúdo, é necessário que a empresa, que deseje aplicar a IA, esteja disposta a mudar a cultura interna. Isto é, ela vai precisar inserir os dados como ponto central da tomada de decisões e do planejamento estratégico da organização.

E esse processo guiado por dados é definido como cultura data driven. Nela, as tomadas de decisões são baseadas somente na coleta e análise de dados, deixando de lado qualquer ação com base em intuição ou achismo.

Porém, para que essa cultura funcione, é necessário desenvolver métodos eficazes para a realização da coleta, processamento, análise e interpretação de um alto volume de informações. Para fazer isso, tem diversas tecnologias e ferramentas que podem ajudar nesse procedimento, sendo o Business Intelligence e o Big Data bons exemplos.


Indicação de leitura – Salestech: entenda o que é e como se aplica.


Conhecendo algumas variações de tecnologias 


Hoje, existem diversas tecnologias e definições que estão presentes no amplo conceito de IA e que podem ser utilizados nos negócios. Assim, veja algumas variações, definidas de maneira básica:

– Data Science (Ciência de Dados): essa estrutura tem capacidade de indicar tendências e melhorar a capacidade preditiva das organizações, concedendo mais competitividade para elas.

Machine Learning (Aprendizado de Máquina): essa metodologia consiste em sistemas que possuem a capacidade de aprender e evoluir de maneira parcial ou total de forma autônoma. Ela ganha destaque por sua capacidade de adaptação, pois consegue criar um sistema mais dinâmico, que depende pouco da interferência humana.

Deep Learning (Aprendizagem Profunda): esse sistema possui a capacidade de aprender padrões complicados e habilidade para interpretar altos volumes de dados. Ele consegue conceber resultados mais assertivos e mais detalhados.


Utilizando a Inteligência Artificial nos negócios


Por fim, chegamos ao ponto mais importante desse conteúdo: como utilizar a AI nas empresas.

Mais uma vez, existem várias maneiras de aplicar a Inteligência Artificial nos negócios, mas essas são as principais:


Cruzamento de Informações


Um dos fatores que chamam a atenção dos empreendedores para a IA é a capacidade de cruzamento de informações para reconhecer tendências e padrões, além de gerar insights.

Essa aplicação é muito utilizada na área da saúde, já que os sistemas de Inteligência Artificial verificam as informações variadas para indicar possíveis relações entre sintomas, medicamentos e doenças, fazendo com que a Medicina avance com essas possíveis descobertas.


Segurança contra fraudes


Pois é, a Inteligência Artificial contribui com a segurança de uma empresa, já que ela ajuda a evitar fraudes, além de ataques hackers.

Assim, com a ajuda da IA, se torna possível desenvolver algoritmos complexos que conseguem cruzar informações para identificar ameaças em potencial. Além do mais, contribui para evitar que aconteçam tentativas de fraudes ou mesmo novas maneiras de ataques ao negócio.


Previsões assertivas


Com a ajuda da Inteligência Artificial é possível contar com uma análise de dados otimizada, aumentando a capacidade preditiva do negócio. O resultado disso são previsões mais assertivas de mercado, comportamento de clientes ou mesmo a realidade atual do segmento.

Logo, com esses dados, a empresa se torna capaz de prever cenários e resultados para adquirir vantagens competitivas e refinar suas ações.


Melhor aproveitamento de informações


Por último, mas não menos importante, um sistema de Inteligência Artificial possibilita um melhor aproveitamento das informações geradas pelo armazenamento e processamento de dados pelo sistema.

Assim, o empreendedor consegue tomar decisões mais precisas, já que esse processo facilita o alcance de insights e análises mais assertivas.

Chegamos ao final desse post e esperamos que ele tenha ajudado você a entender como a Inteligência Artificial pode ser utilizada nos negócios. E, se você gostou desse tipo de conteúdo, assine gratuitamente a nossa Newsletter para saber de mais assuntos como esse!

Social Media

Pots Recentes

Receba as últimas atualizações

Assine nossa newsletter semanal

Sem spam, notificações apenas sobre novos produtos, atualizações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Mais Posts

Posts Relacionados