fbpx
Projeção de vendas do varejo para o Dia das Mães em 2024.

Dia das Mães: Projeção de vendas do varejo em 2024

O Dia das Mães está chegando e com isso milhares de brasileiros devem ir às compras a procura do presente ideal para as mães ou figuras maternas. Esta data costuma representar uma movimentação positiva no varejo neste primeiro semestre do ano. Em arrecadação e movimentação no mercado, o Dia das Mães fica em segundo lugar entre as datas comemorativas, perdendo somente para o Natal que costuma ficar em primeiro lugar.

É tradição do brasileiro não deixa essa data passar em branco. E conforme a pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com Offerwise Pesquisas, 78% dos consumidores pretendem presentear ou comprar pelo menos um presente para as mães nesta época.

Expectativas de movimentação para o Dia das Mães

A expectativa é que neste ano de 2024 haja movimentação de R$ 40, 21 bilhões nos segmentos de serviços e comércio. Apresentando um aumento de cerca de 22% em comparação aos anos anteriores (2021 – 2024).

De acordo com a pesquisa, 35% das pessoas que foram entrevistadas esperam gastar mais em relação ao valor do presente do que foi gasto no ano de 2023. Isso não significa que o consumidor não fará uma pesquisa de preços antes de comprar os presentes. Grande parte dos brasileiros (80%) estão atentos em relação aos preços e qualidade dos produtos, com 67% pretendendo pagar à vista os presentes. Por outro lado, 48% alegam que vão utilizar a forma de pagamento a prazo, e realizando parcelas no cartão de crédito (29%).

Segmentos e setores mais visados

Os produtos que lideram as expectativas de compra são as roupas, acessórios e calçados com 42%. Seguidos pelos perfumes (41%), cosméticos (26%) e chocolate (17%). Em outro setor, apenas 9% dos consumidores pretendem comemorar almoçando em restaurantes. Já 44% das pessoas pretendem comemorar a data em suas casas ou na casa da mãe.

Valor do ticket médio e as principais presenteadas

No levantamento da CNDL/SPC Brasil, o ticket médio dos consumidores é de R$ 314, levando em consideração a compra de dois presentes e todos os outros gastos. Esse é um indicador relevante na avaliação do desempenho da atividade, representando valor médio de vendas por consumidor. No entanto, cerca de 18% das pessoas pretendem gastar até R$ 100, e 23% compraram presentes entre os valores de R$ 101 até R$ 200.

Em contrapartida, 25% dos consumidores pretendem gastar menos para economizar por conta do orçamento. Em razão do cenário econômico, 18% pretendem gastar um valor menor.

Já as grandes e principais presenteadas devem ser as mães com cerca de 75%, mas elas não serão as únicas. As esposas (18%), sogras (16%) e avós (12%) também devem ganhar algum presente ou lembrancinha.

Vendas físicas e online

As vendas em lojas físicas continuam sendo o principal local de compra de 74% dos consumidores. O destaque de vendas está concentrado no shopping center com 29%. As lojas de departamento (15%) e lojas de ruas (14%) também devem atrair o público com vendas físicas. A intenção do consumidor brasileiro em realizar compras presenciais está em poder negociar valores e ver o produto.

Por outro lado, 37% dos brasileiros preferem realizar pelo menos uma compra online. Com cerca de 79% preferindo comprar em sites e 20% pelo Instagram. A procura por presentes tem sido maior em sites e lojas de varejistas internacionais com 50%, a justificativa desse consumo é entorno da variedade de produtos e preços mais baixos.

Gosto do post? Aqui, no nosso blog, lançamos conteúdos toda semana para que você fique por dentro dos assuntos mais importantes do mercado. Você também pode conferir em nossas redes sociais, Instagram e LinkedIn, dicas e insights.

Fonte: CNDL